Fandom

Conlang

Adjetivo

464 páginas
nesta wiki
Adicione uma página
Falar0 Compartilhar

Adjetivos são as palavras que caracterizam um substantivo atribuindo-lhe qualidade, estado ou modo de ser. Flexionam-se em gênero, número e grau.

Sua função gramatical pode ser comparada com a do advérbio em relação aos verbos, aos adjetivos e a outros advérbios.

ClassificaçãoEditar

Quanto à origemEditar

Os adjetivos podem ser classificados quanto a serem originados ou não por outras palavras:

  • Primitivo: não deriva de outra palavra.
  • Derivado: deriva de outra palavra, normalmente de outra classe gramatical, chamada de palavra raíz ou radical.

Quanto à semânticaEditar

A classificação semântica dos adjetivos pode variar de acordo com o tipo de característica que exprimem. Alguns exemplos:

  • {| border="0" cellpadding="1" cellspacing="1" class="article-table article-table-selected" style="width: 500px;"

Adjetivos de cor vermelho, amarelo, azul, preto, etc.

Adjetivos de temperatura quente, frio, morno, gelado, etc.

Adjetivos de intensidade forte, fraco, moderado, etc.

Adjetivos de proporção grande, médio, pequeno, nanico, enorme, etc.

Adjetivos de qualidadebom, bonito, amável, agradável, etc.

Adjetivos de defeito mau, ruim, feio, horrível, etc.

Adjetivos gentílicos brasileiro, português, paulista, carioca, lisboeta, etc.

É importante lembrar que, com exceção dos adjetivos gentílicos, essa classificação não é determinada pela Nomenclatura Gramatical Brasileira, por ser muito ampla.

Flexão de gêneroEditar

Os adjetivos podem se classificar quanto ao gênero em dois tipos:

  • Uniformes: apresentam a mesma forma para o masculino e o feminino. Exemplos: jovem, grande, quente, azul, etc.
  • Biformes: apresentam uma forma para o masculino e uma para o feminino. Exemplos: velho - velha, pequeno - pequena, morno - morna, amarelo - amarela.

Flexão de númeroEditar

Quanto à quantidade de seres à qual se refere, o adjetivo classifica-se em:

  • Singular: refere-se a um ser de determinada espécie.
  • Plural: refere-se a mais de um ser de determinada espécie.

Flexão de grauEditar

A única flexão propriamente dita universal, para todos os adjetivos, é entre o grau normal e o grau superlativo absoluto, que aumenta a intensidade. Exemplos: rápido - rapidíssimo, magro - macérrimo, fácil - facílimo. Existem ainda alguns adjetivos que apresentam o grau comparativo sintético de superioridade, a saber: bom - melhor, mau - pior, ruim - pior, grande - maior, pequeno - menor, alto - superior, baixo - inferior, jovem - júnior, velho - sênior.[1]

Existem ainda os seguintes graus de adjetivo que são determinados por advérbios, e não por flexões:

  • Comparativo: estabelece uma comparação de alguma coisa em relação a outra. Pode ser:
  • de superioridade: "mais velho que", "mais novo que", "mais forte que", "mais fraco que".
  • de igualdade: "tão velho quanto", "tão novo quanto", "tão forte quanto", "tão fraco quanto".
  • de inferioridade: "menos velho que", "menos novo que", "menos forte que", "menos fraco que".
  • Superlativo relativo: estabelece uma comparação de alguma coisa em relação a todas as outras daquela mesma espécie. Pode ser:
  • de superioridade: "o mais velho", "o mais novo", "o mais forte", "o mais fraco".
  • de inferioridade: "o menos velho", "o menos novo", "o menos forte", "o menos fraco".

Adjetivos em outros idiomasEditar

  • Nas línguas germânicas, todos os adjetivos, obrigatoriamente, precedem o substantivo.
  • Em latim, a flexão de grau inclui, para todos os adjetivos, o grau superlativo absoluto e o grau comparativo de superioridade.
  • Em inglês, a flexão de grau inclui o grau superlativo relativo e o grau comparativo de superioridade, apenas para substantivos de até duas sílabas. Para os demais substantivos, não existe flexão de grau. Não há superlativo absoluto, sendo substituído pelo advérbio "very". Não há concordância de gênero nem de número.
  • Em alemão, os adjetivos se flexionam em gênero (masculino, feminino e neutro), número (singular e plural), grau (normal, comparativo e superlativo) e caso (nominativo, acusativo, genitivo e dativo).

ReferênciasEditar

  1. TERSARIOL, Alpheu. Biblioteca da Língua Portuguesa, vol. 4, pág. 76. Editora Irradiação, São Paulo, 1964.

Ligações externasEditar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no Fandom

Wiki aleatória