FANDOM


O asa’pili é uma língua universal auxiliar concebida em bolo'bolo, livro escrito por autor anônimo que se assinou apenas ibo (indivíduo, em asa’pili) e publicado pela primeira vez em alemão, na Suíça, em 1983. Traduzido por Sonia Hirsch da edição em inglês, foi publicado em português pela CorreCotia em 1986. Descreve uma proposta de utopia libertária, organizada em pequenas comunidades, na qual a asa’pili serviria de veículo de comunicação neutro.

A capa e o projeto gráfico de Newton Montenegro de Lima foram aproveitados por Edemilson Pereira dos Santos, em maio de 2000, para a versão on line.


Fonética e escrita Editar

Asa’pili é uma língua proposital e completamente fortuita, desconectada e artificial, sem ligações culturais. língua é formada por 18 sons (e uma pausa) encontrados nas mais diversas linguagens e pronunciados exatamente como no português. O "l" pode ser pronunciado também como "r". A acentuação é livre.

Os termos de asa’pili podem ser escritos através de sinais (logogramas); não é necessário um alfabeto. Do mesmo jeito que nesta edição as palavras utilizam caracteres latinos, outros alfabetos (hebraico, árabe, cirílico, grego, etc.) podem ser usados.


Morfologia Editar

A repetição de uma palavra indica o plural orgânico: bolo’bolo = todos os bolos, o sistema de bolos. Graças ao apóstrofo ( ‘ ), palavras compostas podem ser criadas à vontade. A primeira determina a Segunda (ao contrário do português): asa’pili (linguagem planetária), fasi’ibu (viajante), yalu’gano (restaurante), etc.

Além dessa linguagem extremamente básica, poderia ser criada outra para intercâmbios científicos, convenções internacionais, etc. Caberia à assembléia planetária (asa’dala) definir seu dicionário e gramática.


Vocabulário básico Editar

  1. ibu – indivíduo
  2. bolo – cooperativa, acordo básico com outros 300 a 500 indivíduos, um contexto direto, pessoal, para viver, produzir e morrer.
  3. sila – acordo entre o conjunto de bolos (bolo’bolo) e um ibu avulso.
  4. taku – uma caixa feita de folhas resistentes de metal ou madeira, de cerca de 1 m x 50 cm x 50 cm. Qualquer coisa que caiba no taku é propriedade exclusiva do ibu – o resto do planeta é usado e mantido em comum por todos.
  5. kana – subdivisão freqüente de um bolo, que consiste de quinze a trinta ibus que ocupam uma casa maior numa cidade, ou duas casas adaptadas para formar uma só.
  6. nima – bagagem cultural em comum aos membros de um bolo.
  7. kodu – agricultura, base agrícola da auto-suficiência e independência do bolo.
  8. yalu – alimentação, culinária.
  9. sibi – indústria, tudo quanto diga respeito à produção, uso ou distribuição de coisas, incluindo edifícios, suprimento de combustíveis, eletricidade e água, produção de ferramentas e máquinas (principalmente para a agricultura), roupas, móveis, matérias-primas, utilidades de todos os tipos, transportes, artesanato, arte, equipamento eletrônico, ruas, esgotos, etc.
  10. pali – energia
  11. suvu – água
  12. gano – espaço
  13. bete – saúde
  14. nugo – uma cápsula metálica de 4 cm de comprimento e 1,5 cm de diâmetro, garantida por um fecho de combinação giratória cujos sete números são conhecidos somente pelo seu portador. Contém uma pílula de uma substância que mata instantaneamente. Todo ibu recebe um nugo de seu bolo, como é o caso do taku.
  15. pili – comunicação, educação, troca de informação, expressão de pensamentos, sentimentos, desejos.
  16. kene – trabalho externo compulsório
  17. tega – vila, aldeia, bairro formada por dez a vinte bolos.
  18. dala – assembléia
  19. dudi – delegados externos, enviados por sorteio por uma assembléia a outra.
  20. vudo – pequena região, cidade, comarca, cantão etc. formado por dez a vinte bairros (tega).
  21. sumi – região autônoma formada por um número indefinido de bolos, bairros e comarcas, talvez vinte ou trinta comarcas, ou vários milhões de pessoas.
  22. asa – Terra
  23. buni – presentes trocados entre indivíduos ou comunidades.
  24. mafa – sistema de presentes socialmente organizado
  25. feno – acordos de troca.
  26. sadi – mercado.
  27. fasi – viagem, nomadismo.
  28. yaka – luta regulamentada, duelo entre indivíduos e comunidades.


Referências Editar

Bolo’bolo online

ibo. Bolo'bolo. São Paulo: Correcotia, 1983.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória