FANDOM


Qy-qlf

Logotipo do Europeano (no período em que era mais conhecido como Interlíngua)

O Europeano é uma língua auxiliar inventada em 1903 pelo matemático italiano Giuseppe Peano (1858-1932), originalmente chamada Latino sine flexione (ou seja, Latim sem flexão). É uma versão simplificada do latim, que retém todo o seu vocabulário.

No artigo fundador, De Latino sine Flexione, Lingua Auxiliare Internationale, Peano argumentou ser desnecessário inventar novas línguas auxiliares, pois o latim já se estabelecera como língua internacional e científica. O texto começava em latim clássico, mas, à medida que avançava, o autor abandonava as flexões até não restar nenhuma.

Essa língua foi também chamada de Interlingua, mas não deve ser confundida com a Interlingua desenvolvida pela International Auxiliary Language Association (IALA).

Esquecido por muito tempo, o Latine sine flexione foi retomado em 2000 pelo espanhol Jacinto Javier Bowks de la Rosa, professor de línguas e de informática nos EUA e inventor de várias conlangs. Bowks ampliou e modernizou o vocabulário do Latine sine flexione com termos adequados à ciência e tecnologia e o rebatizou de Europeano (de Europa + Peano).

Morfologia Editar

Substantivos Editar

Embora Peano tenha removido as flexões dos substantivos e adjetivos do latim, não aboliu totalmente o gênero gramatical e permitia a opção por uma terminação de gênero feminino para profissões. O gênero dos animais é imutável.

Todos os nomes terminam em vogal e são tomados de sua forma no caso ablativo, mas como este não costuma ser listado nos dicionários latinos, Peano deu uma regra para derivá-los do caso genitivo. Embora ele tenha tentado dispensar o plural, um “s” pode ser adicionado, quando é necessário marcá-lo.

Verbos Editar

Tempos e modos são indicados por verbos auxiliares.

Sintaxe Editar

O Europeano ou Latino sine flexione é uma língua posicional: a frase deve seguir uma ordem rígida, embora no latim clássico os elementos sintáticos da frase pudessem ser colocados em praticamente qualquer ordem.

Exemplo de Europeano Editar

  • Nam, de commune possessiones de genere humano, nihil est tam generale et internationale quam scientia.
  • Pois, das coisas que a humanidade possui em comum, nenhuma é tão verdadeiramente universal e internacional quanto a ciência.

Referências Editar

Crystal, David. The Cambridge Encyclopedia of Language. Cambridge: Cambridge, 1987.

Ligações externas Editar


Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória